>

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014



Como nos meus sonhos mar de pedras
Como nos meus sonhos descobri a cura, o meu antídoto
Como na partida as nossas lágrimas
Como na partida eu descobri a cura da saudade
Todo aquele choro e a vontade de ficar
O coração suplica
Como na mentira o falso alarme
Como na mentira eu descobri a cura do cinismo
Como na batida, no compasso
Como na batida eu descobri a cura do atraso
Serve pra quem errou e luta sempre pra acertar
O coração suplica
Como na fraqueza, no fracasso, pesadelos de avião
Nos meus gritos, nos meus braços. mesmo em brigas de irmãos

[ Phil Veras]

Nenhum comentário: